UM CSI SANGRENTO

csi-sangriento

Elisabeth Harnois, que interpreta a investigadora do crime Morgan Brody em “CSI” admite que a quantidade de sangue no programa lhe deixa muito impressionada, já que às vezes revela muitas coisas do crime.

O sangue se tornou um componente importante da série, especialmente depois que Elisabeth Harnois entrou em cena, já que o seu personagem é uma especialista no assunto. Em sua última temporada poderemos ver este novo elemento exposto de uma forma diferenciada, graças à investigadora Morgan Brody.

Perguntamos à atriz o que ela achava do novo personagem e sua área de atuação: o sangue. Harnois nos comenta que não se importa em ver, mas “Uma vez que percebe isso como parte da história, torna-se uma narrativa. Uma espécie de roteiro, pode-se dizer. É uma coisa muito fascinante, mas um pouco nojento às vezes, já que pode vir a deixar muita gente impressionada”.

Matthew Mungle é quem está por trás dos efeitos especiais na série, e este artista da maquiagem foi indicado ao Oscar diversas vezes. Harnois afirma que o trabalho que Mungle faz para o programa às vezes é mais real que a aparência de um cadáver autêntico. “Fui ao necrotério e participei de várias autópsias como parte da minha preparação para o programa e as coisas que fazemos as vezes são mais reais ao olho humano do que o que acontece na vida real”.

Mal podemos esperar para ver como este elemento ganha espaço dentro da série criminalística. Você não pode perder o personagem de Elisabeth em seu sangrento trabalho, todas as segundas, às 21h. Vais estar imperdível!

Circule pela página do programa e não perca as notícias que temos para os amantes do crime como você. Clique aqui!

Comments: